Criar blog

É importante manter seu blog vivo!

Publicado por Marílvia Oliveira em 20/04/2013 às 10h48

Fazer um blog é um compromisso diário com a vida. Você tem que descobrir assuntos e experiências do dia-a-dia, com um toque de novidade. Criar blog é sua conexão com a vida prática transformada em algo vivo, em mensagem interessante e que realmente faz as pessoas seguirem seus posts.

O twitter é um dos recursos que transforma também o seu blog em algo vivo. Quando você posta algo diferenciado e anuncia no twitter, quem já o segue e conhece sua linha de trabalho, vai logo lá conferir.

Outro recurso forte, para dinamizar o blog, é o vídeo. Pode ter certeza de que para todos os temas que você escreve em blogs, haverá vídeos divertidos, criativos, curiosos para você incluir.

O vídeo dá uma dinâmica diferente ao seu blog. Ele cria quase que um intervalo de entretenimento.

Problema: nada de por vídeos em excesso. Daí o feitiço vira contra o feiticeiro.

Abaixo um vídeo sobre viver "conectado" - a palavra de ordem no blog.

Categoria: Conteúdo, Redes Sociais
Comentários (0) e Compartilhar

Criar blog de temas ligados ao meio ambiente

Publicado por Marílvia Oliveira em 19/04/2013 às 19h27

Quando uma pessoa se dá conta de que criar um blog e mesmo criar um site podem ser iniciativas extremamente ricas em sua vida pessoal e social, ela pode procurar temas em áreas que considere relevantes e que devem ter continuidade no tempo - e, evidentemente, temas de que goste.

Como criar um blog ou mesmo como criar sites sobre Meio Ambiente? Os temas são inúmeros: reclicagem de papel, plástico, metais e outros produtos, animais em extinção (para crianças), desmatamento no Brasil (para escolas), desequilíbrio ecológico (ultimamente, não faltam notícias sobre o assunto), poluição dos rios e mares, enfim, é um sem número de temas que podem ser tratados em seu blog. Ele pode ser um blog com vários temas mas, neste caso, cuide para que haja um determinado viés específico que una os vários temas. Como se fizesse um blog de vários temas ambientais voltados para o professor.

O tema importante por si só - se você é uma pessoa consciente, já deu de frente com vários assuntos ligados a este tema. O que mais deve estimular seu trabalho, contudo, é que o tema já foi assumido pela escola, e está nos Parâmetros Curriculares. Dali para a frente, ele só tende a crescer.

Você pode começar com um tema ambiental - como o reúso da água - e se você for um arquiteto ou construtor, discutir as várias opções para este processo, publicar dados sobre economia pelo reúso e assim por diante.

O importante, em tudo isto, é gostar do tema. Você só passará noites e dias escrevendo, divulgando pelas redes sociais, respondendo a comentários e analisando o google analytics do seu blog ou site se realmente seu coração bater forte por ele.

Imagem: © Blue Jean Images/Corbis

Leia mais: Criar sites

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (2) e Compartilhar

Vamos economizar papel. Ou nem sempre?

Publicado por Marilvia Oliveira em 15/04/2013 às 13h40

Quando os blogs surgiram, eles eram manifestações românticas ou divertidas dos adolescentes. Aos poucos, o mundo adulto os foi assumindo e hoje são espaços inteligentes, riquíssimos de informação.

Em parte, substituíram o papel e ajudam em sua economia? Pode ser. Mas aí é um fato inerente à internet 2.0 que permitiu o compartilhamento sem papel, a formação de uma verdadeira inteligência coletiva, online. Ao criar um blog, tenha em conta esta maravilhosa vantagem competitiva da internet - permitir-nos usufruir do conhecimento, sem o desperdício do papel.

O anúncio abaixo é muito interessante sobre este aspecto, embora traga também o outro lado da moeda. Divirta-se!

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Opinião pública: leve em conta em seu blog

Publicado por Marilvia Oliveira em 15/04/2013 às 09h00

O mundo moderno está passando por questionamentos de inúmeros temas: é o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a aceitação de imigrantes nos países desenvolvidos, o uso de armas, enfim, vários são os caminhos de mudanças hoje.

Ao criar blog, a pessoa estará sempre, de uma forma ou outra, emitindo opiniões. É importante este caráter fortemente personalista do blog. No entanto, deve-se cuidar para que opiniões sobre temas delicados sejam tratadas também de forma delicada.

Se há um poder que está cada vez mais claro na sociedade, é o poder da opinião pública. Ela forma verdades, consagra ou destrói personalidades e negócios e, enfim, é um agente de forte pressão para quem quer se manifestar a respeito de algum assunto.

Na dúvida, esqueça o tema ou trate-o com diplomacia. É o melhor caminho a tomar para não cair em desgraça junto à opinião pública.

Imagem: © Hero Images/Corbis

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Bon vivant: que tal dar estilo ao seu blog?

Publicado por Marilvia Oliveira em 14/04/2013 às 01h28

A internet é sempre jogo rápido – não só em recursos, mas também em conteúdo. Lógico que você pode escrever seus white-papers, produzindo textos mais parrudos, mas a internet, como base, é ligeira. Até quando se produz um white paper, de texto mais denso,  vários autores já vêm procurando torná-los mais leves, usando muita imagem, abusando de grafismos que dão beleza e arejamento aos textos.

Observem, contudo, que um novo leitor vem surgindo na internet – ele não só quer textos rápidos, com um conteúdo relevante, mas procura estilo. E o que estilo? Trata-se de um texto que evoque a pessoa que escreve. Usa-se mais a primeira pessoa, evita-se, quando possível, o “nós”, impessoal e neutro, espera-se uma posição, um marco de opinião e informação.  Isto é estilo.

Quando há alguns anos atrás, corria-se atrás dos blogs mais lidos, ranqueados como os mais acessados, quase todos tinham um estilo apimentado, alguns até agressivos, e inovadores. Vem daquele momento, esta busca por um estilo.

Cada um se perfila ao lado do blog que tem o estilo que gosta. Para nós, o importante é observar que esta é uma qualidade que seu blog deve ter. Seu estilo é solto e descomprometido? Ou é alegre e divertido? Você tem o perfil de um "bon vivant" e passa conteúdo relativo ao prazer de viver? Pense nisso e, se o estilo nem sempre estiver presente, procure fazer o seu blog ter uma pegada mais pessoal, na linha que escolher. Vai ver que as pessoas vão se ligar mais a você.

Imagem: © the food passionates/Corbis

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Desafios para blogs de variedades

Publicado por Marílvia Oliveira em 09/04/2013 às 21h00

Os blogs de variedades se propõem a uma cobertura muita extensiva de temas. Por um lado, podem ser gostoso entretenimento pois não ficam martelando nos mesmos temas mas, por outro, podem perder o mínimo de foco necessário para criarem sustentação. Dê a eles mínima consistência temática para que tenham sucesso.

Imagine que você quer saber sobre destinos no mundo, buscando definir roteiros de viagem. Um blog de variedades pode até trazer conteúdos neste sentido mas dificilmente vai lhe dar o suficiente para escolher seus roteiros. É isto que chamamos de sustentação em um tema.

O desafio central do blog de variedades é, portanto, criar mínima base de conteúdo similar para os temas de que trata.

Exemplifiquemos com a dança. Desde Gangnam Style, com os movimentos inusitados de Psy, e também Harlem Shake, observa-se um movimento cultural interessante onde inúmeras pessoas começam a dançar de um certo jeito, misturando idades, níveis sócio-econômicos, tudo, enfim! Um blog de variedades se adensa no ponto exato quando, pelo menos, traz uns três posts sobre o tema escolhido - abordando em cada um, determinado ângulo do tema. É o caso de postar sobre Gangnam Style, Harlem Shake e, de repente, também sobreMatt, aquele sujeito que vai viajando e levando pessoas a dançarem com ele nos mais variados pontos do planeta.

Ao terminar o post, se ao criar um blog, escolheu a plataforma do sitePX, você terá ainda a opção de listar ao final (sem ter que pesquisar muito, pois o sitePX já resolve isto) os outros posts que falam de temas similares. Veja o comando: “posts relacionados” no administrativo de seu blog no sitePX.

Se tomar o ângulo da dança em grupo - esta inovadora e meio iconoclasta que anda por aí, não esqueça também que há no mundo da publicidade muita coisa interessante a pesquisar e agregar. Veja por exemplo (abaixo) o último trabalho Diesel + EDUN fashion, Pantsula VS Puppets - dirigido por Sean Metelerkamp´s (ele já fez outros vídeos na mesma linha). É uma dança também, meio maluca, com puppets. Tudo a ver com os outros posts que citamos.

Quando você cria pelo menos três posts sobre um tema, consegue defender seu ângulo de análise e criar uma consistência mínima necessária, sem abrir mão de seu propósito de falar sobre variedades.

Leia também: Criar Sites

Imagem:  Visual Mozart/ImageZoo/Corbis

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Você está bem apenas quando está conectado?

Publicado por Marilvia Oliveira em 04/04/2013 às 00h18

Primeiro dia de abril. Estou em reunião com um player internacional, ainda com ressaca dos chocolates da Páscoa. Em certo momento, brinco sobre seu estilo lacônico nos e-mails. Ele me responde: eu detesto celular e internet. Gosto de olhar nos olhos da pessoa, ver como ela pensa, como fala. E isso não é primeiro de abril: enquanto falamos, em sua belíssima sala de reunião, em um dos andares mais altos de um edifício "inteligente", uma seleção de músicas contemporâneas faz fundo às conversas e ele atende muito rapidamente a duas ligações em seu celular e delas se desvencilha, informando que não poderia falar. Consistente, pensei.

Mais consistente ainda com uma tendência que vem começando a se esboçar: a da desconexão.  Francis Jaureguiberry, que comanda um grupo de pesquisa sobre a sociologia da comunicação, desenvolve trabalhos sobre a desconexão – uma reação social à lógica da comunicação moderna, que rouba do homem seu próprio tempo e seus ritmos em prol de uma “sincronia generalizada”. Eu ligo para você e você tem que estar aí. Ei, por que você não atende o celular? Eu me conecto ao Facebook e questiono, ao não te encontrar: onde você estava que não te vi no Facebook? Você acabou de abrir uma empresa e os funcionários reclamam que você não instalou internet em rede para eles... E assim por diante.

Se estivéssemos falando apenas de um professor de sociologia, e um empresário singular, poderia até dizer que estas pessoas não entendem do mundo moderno. Mas, pasmem, reações similares estão ocorrendo no coração do mundo moderno da internet e das novas tecnologias. Três quartos dos pais de alunos da escola Waldorf no Silicon Valley – em San Francisco - são ligados às novas tecnologias, alguns, inclusive, do Google. A escola é orientada a partir da visão de Rudolf Steiner que busca estimular todas as capacidades da criança - física, emocional, intelectual, estética, moral e espiritual - e onde a tecnologia tem lugar restrito.

Um destes pais, Pierre Laurent, segundo reportagem do Le Monde, diz que o computador é apenas uma ferramenta. Para aprender a escrever, é importante poder efetuar grandes gestos. A matemática necessita da visualização espacial. A tela do computador reduz as experiências físicas e emocionais. Pierre Laurent diz que não teme a desconexão de seu filho, pois trabalhou 12 anos na Microsoft e sabe que os softwares serão cada vez mais simples. Por que então colocar a criança muito cedo em contato com tecnologias que estarão, provavelmente, superadas quando ela crescer? Touché!

Não bastasse este cenário desafiador e amplo, que estamos tentando, com esforço, resumir aqui, Francis Jaureguiberry vai mais longe e ousa: os “pobres” no mundo da tecnologia são os que têm que ficar conectados e tem a responsabilidade de responder a um email de imediato, e os “novos ricos” da tecnologia são os que têm a possibilidade de filtrar e definir certa distância desta interpelação permanente. Jaureguiberry inclusive compara com a televisão onde o consumo excessivo de TV é típico das classes populares. Uau! Durma-se com um barulho destes!

Se tudo que está implícito neste post ainda não está claro, e se os desafios que começam a surgir para as empresas que vivem da internet e da conexão permanente inquietam, mais louco ainda será ver o vídeo “Really?” abaixo onde, sob a vibrante musica de Edvard Grieg, este mundo da conexão permanente é questionado e capitalizado pelo próprio celular. Delícia de mundo complexo e instigante o nosso, hein! Haja coração!

Categoria: Interações, Redes Sociais
Comentários (2) e Compartilhar

Idéia de blog: receitas, culinária e dietas especiais

Publicado por Marilvia Oliveira em 31/03/2013 às 16h46

Os blogs de receitas, culinária e dietas são dos mais lidos. Vale a pena investir em criar blog nesta linha. Use a plataforma do sitePX para que a parte técnica seja resolvida em minutos e você possa se concentrar no conteúdo e outros aspectos importantes que citamos a seguir.

Crie ou mostre uma persona

A garota está fazendo um doce fantástico e, enquanto o prepara, ela canta Highway to the Danger Zone! Uau, este post vou ler já. As pessoas hoje querem ler sobre receitas, sim, mas que seja em blogs divertidos, onde cozinhar se mostre um prazer especial. Quem cozinha, cantando esta música (Revvin' up your engine / Listen to her howlin`roar / Metal under tension / Begging you to touch and go! – Tradução livre: Ligue sua máquina, ouça ela rugir / metal sob tensão / Você começa a tocar e ir), só pode fazer coisas gostosas porque a alma já está em alegria, entusiasmo, prazer. A música leva direto para o filme Top Gun... Ah! Finalzinho da década de 80. Nem todos vão lembrar. O que vale na persona que conduz um blog é o espírito. Ao criar um blog, saiba que a pessoa que ler quer coisas que mostrem vida e prazer de viver.

Ilustre com fotografias e, se der, vídeos

Além de mostrar-se como uma persona feliz, de bem com a vida, é importante também saber fotografar bem. Quando o negócio é alimento, a dica importante de Felipe Loss é usar luz natural. Só isso? Claro que não, fotografar é arte. Visite o blog dele e saiba mais para fotografar alimentos. O prazer da comida nasce da sua visão e investir nisto é metade do seu trabalho. Outro aspecto importante é fotografar cada etapa da preparação. Depois, anime-se e libere suas criações, colocando as fotos em um site do tipo Flickr, com um aviso de que é foto liberada sob o conceito do Creative Commons (indique CC no campo License) porque compartilhará suas criações e estimulará as pessoas a irem até seu blog.

Hoje, é importante inserir vídeos em um blog de receitas, culinária ou dietas, mostrando a elaboração de um prato ou, para quem está começando, pelo menos um trecho curtinho com as partes mais complexas da elaboração.

Conteúdo diferenciado

Sempre batemos na mesma tecla: diferencie seu conteúdo. Se está falando de dietas, escolha um ângulo (ex. dietas vegetarianas) mas inove. Se forem dietas não específicas, crie grupos de temas como dietas para emagrecer 10 quilos, dietas para pessoas que detestam carne, dietas para desintoxicar. Tudo isto esclarece e entusiasma as pessoas. Quanto mais focado for o seu blog, mais interessará públicos específicos e logo será reconhecido como um blog de referência. Em temas badaladíssimos como os blogs de receitas, culinária e dietas, você precisa investir neste foco. Ou na personalidade que irá demonstrar. Veja o sucesso de cozinheiros como Jamie Oliver, Palmirinha Onofre, Alex Atala e assim por diante - cada um com o seu jeito próprio de ser.

Receita de blog de receitas, culinária e dietas: um perfil curioso e interessante como base. Muito muito conteúdo diferenciado. Pitadas de fotografias e vídeos. Vamos começar?

Imagem (cozinheiro): © Don Mason/Corbis

Leia mais: Criar site

Categoria: Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Delegar para crescer e ter qualidade de vida

Publicado por Marilvia Oliveira em 23/03/2013 às 09h53

Você sabe que trabalhar sem parar é inviável para a saúde, para a mente, para a vida amorosa, e, enfim, para a qualidade de vida, Delegar é a chave para um ritmo adequado à sua vida. Muitos porém tem medo de delegar pois entendem que é entregar tudo na mão do outro. Não é assim.

Comece estabelecendo níveis ou estágios de delegação. Para colaboradores novos, oriente sobre o que deve fazer e peça que lhe reporte o que foi feito, quando e como, em bases periódicas. Quando o colaborador amadurece, deixe-o tomar decisões dentro de um escopo pré-definido e peça-lhe que, periodicamente, reporte o que foi feito e decisões que foram tomadas. Ajuste aquelas que não estiverem adequadas e dê novo treinamento para melhorar as próximas decisões.

Quando o colaborador já tem maturidade, abra-lhe a opção de decidir mas também a de selecionar caminhos. A escolha é um ato que demanda compreensão muito clara do escopo de atividades e é um rico caminho de preparar verdadeiros substitutos.

Desta forma, você vai ver que criar um blog, com o apoio de alguns colaboradores, não é uma atividade insana e pode ser delegada, criando vários espaços para sua liberação e para autonomia de quem está com você. Até mesmo criar um site e administrá-lo desta forma é viável e prático.

Um exemplo prático. Imagine que uma pessoa vá criar um blog no sitePX. Ela pode delegar atividades como postar conteúdos e inserir datas de publicação, assim como os demais campos de informação sobre o seu post, com base em lista de posts pré-elaborada. Em outro momento, a pessoa pode receber a tarefa de dar os comandos de inserção dos posts nas redes sociais, criando pequenas frases introdutórias. Um último nível de delegação pode considerar a eleição de temas e um resumo do conteúdo e, ao final, a pessoa pode ser preparada para produzir os conteúdos. Veja que uma tarefa que você faz sozinho pode ser delegada em vários aspectos e de forma progressiva na medida e que os colaboradores mostram maior grau de preparo. Vamos começar a delegar?

Leia também: www.abrirempresaindividual.com.br

Imagem: © /TongRo Images/Corbis

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Fique alerta à vida nas redes sociais!

Publicado por Marílvia Oliveira em 21/03/2013 às 09h00

Ao criar blog, você tem um compromisso formal, visceral, fundamental com o conteúdo. No entanto, não se mantém um blog apenas com o conteúdo. É fundamental divulgá-lo e aí entram as redes sociais. Ali você encontrará gente para ler os seus posts, comentá-los, interagir e, em alguns casos, até viralizá-los.

Já comentamos sobre a importância de criar blog em plataforma profissional como é o caso do sitePX, pois a interação com as redes vem automática. Basta postar o conteúdo e já, ao lado, estão os botões para clicar e informar as principais redes sociais sobre o que você está postando.

A internet, contudo, é um mundo em ebulição. Todas as tribos ali interagem e criam seus movimentos, dicas, rumores e direções. Há algum tempo começou um boato sobre o futuro do Facebook: será que? Neste início de ano, novas ferramentas estão tresloucando adolescentes e novamente um rumor: este grupo está deixando facebook aos poucos. São atraídos por instagram, snapchat (fotos enviadas aos amigos, em segundos, por celular e que logo desaparecem), e outros. Aplicativos que surgiram com o sucesso do Pinterest, avaliado em um bilhão de dólares, surgimento do Viddy (o vídeo de 6 segundos feito por celular) e a compra do Instagram por um bilhão de dólares.

Os adolescentes reagem e exponenciam o aplicativo. Brincando e jogando, fazem estes negócios crescerem. E aí está o ponto a se prestar atenção para quem criar um site, tiver blog, ou e-commerce, voltado para este segmento. O blogueiro, o empreendedor com seu e-commerce tem produtos para este segmento? Não há como evitar se atualizar e utilizar, quando possível, tais novos aplicativos. Seu compromisso com o conteúdo deve ser paralelo a seu compromisso com a divulgação e, por isso, antenado também com as redes sociais e os novos aplicativos que vão surgindo e conquistando o seu público. Mantenha-se atualizado com o que está ocorrendo, com a vida que está pulsando na internet, para se comunicar melhor.

Ler também: criarsites.net.br

Imagens: © Monalyn Gracia/Corbis

Categoria: Conteúdo, Interações, Redes Sociais
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwB|left tsN fwB|left show fwB|bnull|||news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR b01 c05 bsd|normalcase c05 b01 bsd|login news normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR b01 c05 bsd|b01 normalcase c05 bsd|||