Conteúdo

Sem criatividade para escrever

Publicado por Marilvia Oliveira em 12/03/2013 às 09h00

Ao criar um sitecriar blog, você pode ter pensado em tudo menos em que, com o tempo, se sentiria que nem um poço seco, sem conteúdo para escrever. Saiba: isto ocorre mais do que você pode imaginar, porém, tem como resolver.

Cria a disciplina da ação. Criar é um ato que inclui não só inspiração - exige a ação, com disciplina. Existem textos que vem como a brisa da manhã, chegam claros e frescos, e você logo os reconhece e começa a escrever. Mas existem aqueles textos que  não surgem de jeito algum. Acostume-se a ter uma pasta com textos que podem inspirá-lo. Ali, diariamente, abra um ou dois textos, para criar material que embora não seja espontâneo, no primeiro momento - irá se transformar em inspiração para algo genuinamente seu na medida em que, estimulada sua mente, ela atrair o seu coração.

É como um namorado que começa a acariciar o cabelo da namorada, depois o seu rosto e, então, novamente o cabelo. Ela, distraída vendo um filme, não percebe - mas seu coração começa a reconhecer o carinho e reage. É assim a inspiração que vem pela disciplina da ação.

Crie outra disciplina – a do tempo. Escolha o período do dia em que vai trabalhar e convoque a família inteira, se o escritório é em casa, ou seus colegas, se trabalha fora, para que saibam que, digamos, das 9 às 11h da manhã estará criando e não pode ser interrompido. Isto quer dizer que você vai trabalhar duas horas direto? Não. O melhor é trabalhar meia hora e parar 10 minutos, para ir tomar um café ou algo que o faça desconcentrar um pouco. Daí volte e vá por mais 30 minutos. Observe-se neste percurso. Pode ser que 30 minutos seja pouco para o seu bioritmo. Faça então ciclos de 40 ou 50 minutos e descanse 10 a 15 minutos. O importante é criar um ritmo de tempo de trabalho e um ritmo de intervalos para relaxamento, contato com a natureza, um café.

Crie, finalmente, a disciplina do esforço solitário. Não permita que pessoas o interrompam mas, também, não permita que venha gente falar com você no twitter ou no facebook. Nem abra o linkedIn ou outra rede social. Seu celular, desligue e deixe com uma mensagem que lhe permita retornar depois de 11h00 ou algo assim. A internet é maravilhosa mas se disciplinar pessoas ao seu redor é fácil, torna-se um fardo disciplinar pessoas na rede. Você deve literalmente desconectar se quiser ter sucesso. Depois destas duas a três horas de disciplina e dedicação, a criatividade terá vindo à tona e o produto de sua criação terá surgido, limpo e perfeito. Daí fale com o mundo!

Leia também: criarsites.net.br

Imagem: © Jon Arnold/JAI/Corbis

Leia também: www.abrirempresaindividual.com.br

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (1) e Compartilhar

Sua assinatura na internet é completa?

Publicado por Marilvia Oliveira em 09/03/2013 às 08h10

Sempre falamos que, ao criar um site, deve também criar um blog, para estar presente na interned de forma mais dinâmica. Outro caminho dinâmico de estabelecer presença na internet é a sua conexão efetiva com outras redes. Tudo isso, porém, tem que ser comunicado às pessoas - como fazer este painel sobre sua vida na internet? A melhor forma é em sua assinatura.

Montar como que um painel em sua assinatura é essencial para que as pessoas compreendam a totalidade de caminhos que você pavimentou na internet. Dependendo de suas preferências, elas irão pesquisar você em um ou outro dos caminhos oferecidos.

Procure construir cada trilha da forma correta. Não adianta assinar com a indicação de várias trilhas se, ao entrar, encontramos um longo corredor vazio. Ter presença é realmente construir presença. Um bom exemplo para tornar isso claro é decidir inserir alguns dados muito rápidos sobre você no LinkedIn sem ter uma atuação mais intensa naquela rede tão importante. A pessoa entra para conhecer você melhor e acha, quando muito, duas linhas, sem nada mais que esclareça a dinâmica de suas interações, de sua ação no mercado, de seu perfil profissional. Não funciona assim! Tem que mostrar presença pois o LinkedIn, assim como as redes sociais de um modo geral, não são simples diretórios de nomes.

Exemplo de assinatura completa

Fulano de Tal

Você precisa de tudo isto? Depende de seu negócio e de sua estratégia. Mas estão aí trilhas interessantes para você construir, Selecione as que mais interessam para seus objetivos.

Ah! um recado: você pode diminuir estes longos endereços usando um encurtador de URLs (ex. tinyurl.com), e assim terá uma assinatura extensa na internet mas com visual mais enxuto.

Leia também: www.criarsites.net.br

Imagem: © ImageZoo/Corbis

Categoria: Conteúdo, Redes Sociais
Comentários (0) e Compartilhar

Conselhos para blogueiros novos

Publicado por Marilvia Oliveira em 26/02/2013 às 08h10

As pessoas admiram blogueiros de sucesso e, muitas vezes, os seguem e reenviam seus posts para amigos. Até que um dia decidem criar blog. Alguns conselhos não vão fazer mal e, se você seguir, vão mesmo ajudá-lo. Permita-me.

1 – Nome e tema

Escolha tema onde você possa nadar de braçada. E crie um nome bom de lembrar. Se um amigo puder criar logomarca para seu blog, melhor ainda! Mas não é essencial – pelo menos, no início.

2 – Escolha plataforma adulta, experiente

Uma plataforma como o sitePX já caminhou bastante para entender suas necessidades. Lance mão desta ajuda. Após criar blog nesta plataforma, explore-a para rapidamente usar todos os seus recursos. No sitePX, após publicar um post, caminhe pelos campos a serem preenchidos. Haverá espaço para definir tags, outro para o que você vai divulgar nas redes sociais, outro para o que o motor de busca irá ler/divulgar, outro para posts que você já escreveu e para onde vai redirecionar seu leitor, enfim, inúmeros campos inteligentes e que lhe pouparão tempo, além de lhe dar o norte de como divulgar na internet.

3 – Interaja na rede

Não adianta só ter um blog ou site e escrever. É preciso divulgar. Inscreva-se nas redes e usando o sitePX, clique no botão referente a cada rede, para enviar seu post, já em forma resumida e com imagem. Isto vai lhe dar muita força na divulgação. Depois, vá às redes e fale com as pessoas – comente, discuta, like, insira imagens e mostre quem você é, de um jeito muito próprio, e criativo. Isto vai trazer gente para o seu blog.

4 – Aprimore sua escrita

Existem vários cursos sobre como fazer títulos, tamanho adequado de um post, uso de adjetivos e advérbios. A internet é rica em cursos online e posts sobre como escrever bem e criatividade. Na maior parte das vezes, cursos e orientação gratuitas.

Se você gosta de interagir com pessoas, fica feliz escrevendo, e tem interesse em aprender sobre a tecnologia que está relacionada a um blog ou site (aprendendo sobre mecanismos de busca, palavras-chave, metatags etc.)- então vá em frente e trabalhe muito pois o sucesso na internet vale a pena. É a ferramenta do momento. Você só vai ganhar com isso. 

Leia também: criarsites.net.br

Imagem: © Brüderchen & Schwesterchen GmbH/Corbis


Categoria: Conteúdo, Criar Blog, SEO
Comentários (2) e Compartilhar

A força do tema em um blog

Publicado por Marilvia Oliveira em 14/02/2013 às 09h36

Se você pesquisar os relatórios sobre a Blogosfera, verá que os temas de blog mais lidos são: saúde, moda, relacionamento, finanças, celebridades, e-commerce... Em um primeiro grupo, correndo por fora, está a mídia social, a tecnologia e as dicas para blogs.Uma ou outra fonte poderá trazer novas contribuições nesta listagem mas a base é mais ou menos esta.

Quando decidir criar blog, ao escolher uma destas áreas estará entrando em zona de conforto, embora não queira dizer que seu sucesso será imediato – tem que trabalhar muito para isso. Se estas áreas chamaram a sua atenção, e estão nas estatísticas, é porque tem muita gente rodando por lá - são os seus concorrentes.

Ao criar blog, procure um ângulo inovador no tema escolhido. Se for moda, por que não falar da moda profissional? Pode ter certeza de que poucos blogs falam sobre isso.

Escolher um tema é uma equação de dois fatores. O primeiro é entrar nestes temas que são vencedores a priori. O segundo é fazer um corte transversal no tema e pegá-lo sob um ângulo muito fresh, muito diferenciado.

A partir daí, é investir no trabalho duro de postar regularmente e comunicar-se através de mídias sociais e outras formas de comunicação. Se fizer o blog na plataforma do sitePX, terá este assunto da comunicação já resolvido em boa parte, com os links ali à mão, para imediatamente divulgar o que escreve.

Categoria: Conteúdo
Comentários (0) e Compartilhar

Faça marola mas sem criar ressaca

Publicado por Marilvia Oliveira em 09/02/2013 às 09h03

A expressão “rock the boat” em inglês significa balançar o barco. Até aí você já sabe. O que talvez não tenha prestado atenção é que, na internet, você precisa balançar o barco ou, como se diz aqui no Brasil, fazer marola. Se você não agitar, ninguém vai ver você e todo o esforço de criar site, criar blog ou loja virtual, não vai valer de nada.

Observe sua lista de amigos na internet. Vai observar que vários deles, no máximo, lhe mandam um like mas pouco contribuem para as boas notícias de um facebook. Seus sites, se existem, não mudam e nem tem dinâmica, como teriam se incluíssem um blog. Nem o e-mail usam para divulgar produtos, serviços, idéias, informações. Maré baixa... São aquelas manchas vermelhas na tabela de marés.

Não que tenham que fazer barulho e gerar preia-mar, as manchas azuis da tabela das marés onde o mar atinge sua altura maior - porque isso também cansa e se agitar demais vai causar ressaca.

Mas você tem que investir em marolinhas boas de ler, engraçadas, interessantes, curiosas. E seus amigos e fãs tem que sentir que, nos seus mares, a lua se faz presente. A lua eleva a água sobre a Terra no lado que está virado para ela. Mas também separa a Terra da água, no lado oposto. Fique do lado da lua que dinamiza suas coisas na internet.

Mas é qualquer lua? Não! Tem que ser a lua cheia e a lua nova, quando a Lua e Sol estão alinhados e seus efeitos se somam – são as marés vivas. As notícias que você divulga são agradáveis, contribuem com o bem estar, a alegria e a cultura das pessoas. Os comentários seus aumentam o valor do que os amigos escrevem. Sabia que existe um comprovado aumento na atividade dos peixes quando ocorrem marés vivas? Então, por que não se mover na direção certa e fazer de sua presença na internet, algo que tem valor para você e para os outros? Não se esconda. Quando dá maré viva, são os melhores dias para pescar. Melhor ainda se coincidirem com o nascer do sol ou o ocaso. Você pode se surpreender com os resultados se agir para criar marés vivas.

Leia também: criarsites.net.br

Categoria: Conteúdo
Comentários (0) e Compartilhar

Três pontos de alavancagem de seu blog

Publicado por Marilvia Oliveira em 07/02/2013 às 09h00

Existem alguns aspectos importantes que devem fazer parte de sua estratégia para que tenha uma linha de conduta clara e crie um blog consistente, no médio e longo prazo.

Tamanho do post

Um dos aspectos que merece sua atenção ao criar blog é o tamanho do seu post. Não fique preso a um número de caracteres preciso. Defina uma faixa de caracteres. Os posts com até 1200 caracteres serão lidos com mais facilidade. Os que tiverem mais de 1800 caracteres irão requerer um leitor com tempo e atento ao tema. Estabeleça que você escreverá entre 900 a 1800 caracteres, indo para o limite superior quando o tema realmente necessitar esta expansão porém ficando mais na base para que o seu leitor goste de ler o seu post, sem cansaço, e não adie a leitura pois não tem tempo. No médio prazo, esta estratégia funciona bem. Ao criar blog no sitePX você tem a sinalização de número de caracteres em várias áreas da plataforma para não ser perder neste sentido.

Frequência do post

Com que freqüência irá postar é outra definição estratégica para ser tomada de início, logo que criar blog. Se postar diariamente, terá mais chances de se tornar expressivo. No entanto isto é trabalho duro demais. Postar diariamente requer não só disposição mas um tema que esteja em uma área dinâmica. A freqüência é resultado de inspiração + vibe da área escolhida + disponibilidade de seu tempo. Uma boa média é postar 2 a 3 vezes por semana. A plataforma do sitePX ajuda com o recurso de agendamento dos posts. Você os prepara com antecedência e publica nos dias da semana planejados.

Promoção do blog

Defina seus objetivos e um prazo. Um prazo para que um blog comece a despegar do chão é de um a dois anos. É muito? Este tempo pode ser reduzido se você tiver freqüência perfeita (como definido anteriormente), tiver um tema interessante e souber abordá-lo de forma criativa e, finalmente, promova o seu blog para valer. O sitePX lhe dá as pontes imediatas com as redes sociais mas o trabalho de promovê-lo no seu facebook, twitter, linkedIn ou outra rede é seu e precisa de uma estratégia bem clara, onde também a frequência contará.

Estes três aspectos são verdadeira lição de casa para o blogueiro que quer ter sucesso. Invista neles!

Categoria: Conteúdo, Criar Blog, Interações
Comentários (0) e Compartilhar

Qual o perfil do leitor do seu blog?

Publicado por Marilvia Oliveira em 05/02/2013 às 09h10

Ao criar blog, imaginamos um público a ser atingido – pessoas  de nossa faixa etária, pessoas com mais de 18 anos, pessoas de 25 a 35 anos - e assim por diante. Nem sempre temos isso claro mas é esta intuição de quem é o nosso público que define nossa linguagem, estabelece nossos temas e até mesmo nos indica o tipo de imagem que colocaremos em cada post.

Você pode tornar esse direcionamento bem específico, se desejar. Mas por que o faria? Porque você vai dar uma racionalidade a seus posts e a seu blog de forma geral. Quando a gente escreve de forma muito genérica, acaba não atingindo ninguém.

Uma dica fantástica para você que acabou de decidir criar blog. Mas também para quem já tem blog e quer fazer uma pequena reforma para que ele tenha uma alavancagem. Vá ao site do IBOPE e clique em um destaque que está na home e que se chama APRENDA. Ali, você é convidado a descobrir a qual geração você pertence. Busque o seu ano de nascimento e verá, a seguir, a descrição de sua geração.

Imagine que você nasceu em 1974, você pertence à geração Y. Como ela é? Transcrevo aqui, direto do site do IBOPE:

De acordo com o TARGET GROUP INDEX, do IBOPE Media, os membros da geração Y mostram ter uma veia ambiciosa: 75% gostariam de, algum dia, abrir seu próprio negócio; 79% querem atingir o topo mais alto de sua carreira e 58% gostaria de empreender uma vida de aventuras, novidades e mudanças. A internet é peça chave para esta geração, com 73% deles acessando pelo menos uma vez por semana. E o primeiro lugar de busca de informação é a internet, para 56% deles.

Acompanhando os anos seguintes, verá que a tal da geração Y, pela visão sociológica, vai de meados dos anos 70 a meados dos anos 90, quando surge a geração Z. Se a geração Y gosta de internet, a geração Z  veio para interagir loucamente com os equipamentos digitais.

Ao criar blog e inserir posts para um público específico, pense como cada geração estará interagindo com a sua informação e se  há gerações que você não leva jeito para atender bem. O sitePX lhe permite colocar destaques em seu blog. Você poderá até inserir um destaque em uma barra lateral do blog, com o título Amigos da Minha Geração, ou Gerações do Blog X, ou algo similar - com link para uma página onde você descreve duas a três gerações que espera atingir com o seu blog. É uma curiosidade e aproximará seu público do seu blog.

Acesse o IBOPE: 

http://www.ibope.com.br/pt-br/ibope/Paginas/default.aspx

Categoria: Conteúdo, Interações, SEO
Comentários (0) e Compartilhar

Espaço para link building genuíno

Publicado por Marilvia Oliveira em 02/02/2013 às 09h00

Temos aconselhado a que, ao criar blog – em vez de buscar inserir seu blog nos diretórios de blogs – procure estar no ranking de blogs que são referência em suas áreas. É uma forma de caminhar no link building – construção de links de e para o seu blog – sem forçar ou comprar links. Estas eram práticas nada defensáveis mas que até o ano passado eram exercidas e que agora o Google pune, até banindo o blog, se for o caso.

Um exemplo interessante é o blog de associações. Visite a Associação Brasileira de Blogs de Viagem para ver um case nesta direção.

A Associação foi constituída em abril de 2012 e já tem vários associados. Em menos de um ano, já ofereceu serviço – como o workshop de espanhol e anunciou em setembro12 que faria uma pesquisa com leitores dos 41 blogs associados.

Se você criar blog de viagem e se associar a eles, contribuindo na construção do seu site, irá se relacionar com os outros blogueiros associados, incentivar seus leitores a participar de pesquisas por eles conduzidas,  e estará iniciando um relacionamento legítimo, forte, verdadeiro que estabelecerá uma rede de links dos blogs deles para o seu blog, um tesouro para um SEO genuíno.

Para você que não tem blog de viagem, vale também participar e falar com estes blogueiros se tiver algum tema de interesse para eles. Estará construindo um link de seu blog para eles. É também um caminho de link building e uma contribuição verdadeira para o crescimento deste setor.

Conheça: Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

O que as causas sociais tem a ver com o seu blog?

Publicado por Marilvia Oliveira em 31/01/2013 às 08h20

O Relatório de abril de 2012 sobre interesse por causas sociais – 2012 Edelman Goodpurpose Study – mostra que o interesse por causas sociais tem valor de compra, ou seja, na medida em que uma empresa está envolvida em causas sociais – sendo seus produtos bons e de preço justo – a balança do consumo irá pender para o seu lado.

No Brasil, esta consciência vem se estabelecendo progressivamente. O relatório informa que, no mundo, a preocupação com as causas sociais cresceu 26%. No âmbito dos países, houve crescimento expressivo no Japão (+100%), China (+79%), Holanda (+43%), India (+43%), e Alemanha (+36%).

A pesquisa, que é a 5ª desta natureza, foi conduzida com consumidores maiores de 18 anos, em 16 países, em amostra idêntica. Vale a pena ler os detalhes da pesquisa como, por exemplo, o fato de que, no Brasil, as pessoas se manifestam com maior intensidade sobre as causas sociais do que em outros países. Entre estas causas sociais, surgem itens como melhoria de qualidade na saúde, proteção do meio ambiente, acesso à água potável, oportunidades iguais de educação, redução de abuso e violência, alívio da fome e dos sem-teto, direitos humanos e civis, aumento da tolerância com as minorias e outros.

O que tudo isso tem a ver com você? Reflita sobre as causas que seu blog pode apoiar e como ele pode incorporar o tema em seus posts. Ao criar blog, há ações possíveis como incorporar selos para que as pessoas acessem links onde façam doações até manifestações a favor/contra determinadas situações. No sitePX você tem o recurso do destaque que pode ser colocado na barra lateral ou na base do site e onde você pode instalar os selos das causas que apóia. Você estará contribuindo com a humanidade e caminhando em uma direção segura em termos de contexto social onde seu blog se posiciona.

Estudo: 2012 Edelman Goodpurpose Study

Categoria: Conteúdo, Criar Blog
Comentários (0) e Compartilhar

Organizando entrevistas para seu blog

Publicado em 30/01/2013 às 23h34

Entrevistar gente de prestígio e com efetivo know-how em uma área é um ponto forte para quando criar blog ou post sobre temas específicos. A entrevista pode oferecer conteúdo de valor e até novidades na abordagem de determinados temas, se você fizer as perguntas certas. Para isso, é importante ter o mesmo cuidadoso planejamento que você teve ao criar blog. Pense em quem é o seu público, como quer chegar até ele, que retorno espera em comentários ou interações, enfim, organize para ter máxima eficácia.

Algumas dicas importantes neste sentido:

1 – Faça lição de casa – Pesquise o básico sobre o tema para poder fazer perguntas que vão além deste nível e tragam real contribuição. Em entrevista sobre educação digital, coloque nas perguntas os conceitos ligados ao tema. Isto evita que o entrevistado tenha que perder tempo com questões primárias sobre o tema.

2 – Busque o frescor – Em cada assunto, há subtemas ou enfoques que estão no ponto alto da atenção das pessoas. Coloque questões que tragam estes temas mais quentes, mais falados.

3 – Assegure abrangência – Não deixe de contemplar o todo, em algum momento, para que o leitor não fique com dúvidas sobre outros enfoques que não foram tratados.

4 – Pergunte com inteligência estratégica – Insira pelo menos uma pergunta sobre a visão estratégica do assunto, para fazer com que o leitor amplie a sua compreensão sobre o tema. Conseguirá o efeito daquele ditado indiano: se um elefante entrar em uma tenda, ela nunca mais será a mesma.

Ao final da entrevista, não se esqueça de colocar uma foto do entrevistado e um mini curriculum vitae para que possa ser reconhecida sua expertise formal sobre o tema.

Categoria: Conteúdo
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwB|left tsN fwB|left show fwB|bnull|||news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR b01 c05 bsd|normalcase c05 b01 bsd|login news normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR b01 c05 bsd|b01 normalcase c05 bsd|||