O melhor conteúdo e palavras-chave: o caminho de iniciação

Publicado em 07/06/2013 às 10h10

Quando o Google fez mudanças em seu algoritmo, começou a neura de se buscar o melhor conteúdo argumentando sobre a inutilidade das artimanhas de SEO para ranquear seu blog. Isso é apenas parte da verdade. Devote-se como um monge a divulgar ou você, no médio prazo, estará morto.

Se você não divulgar um blog, ele não vai para frente mesmo. Já li muitos blogs com conteúdos brilhantes mas que ficam no ostracismo porque não há quem os acesse já que não são divulgados. O tal conceito de pagerank, onde o Big Brother Google nos espreita a cada dia, comanda o show e exige, sim, ações de divulgação entremeadas a ações de criação de conteúdo.

Algumas dicas interessantes neste labor diário que podem facilitar um pouco sua vida:

Seu título. Ali já devem estar suas palavras-chave. Lógico que no final todos os seus títulos estarão meio que parecidos porque seu blog deve se concentrar em algumas palavras-chave para não se perder. Mas o que ocorre é que ao lado de demanda por conteúdo inteligente há uma demanda meio burra por palavras-chave para o robô de busca. Tente ficar confortável no meio deste tiroteio cruzado porque vida de blogueiro é assim.

Palavras-chave. O Google Trends tem que ser seu fiel escudeiro no processo de escolha de palavras-chave tanto para o título quanto para o texto e indicação de tags. Ali você vai ver que palavras-chave mais estão sendo procuradas. Lógico que existe uma pegadinha aí também: as mais procuradas são as mais concorridas. Isso significa que aquele blog que já tem muitos acessos está em melhor posição para que elas sejam consideradas no seu ranqueamento do que um blog nada conhecido. Procure algumas palavras próximas deste sentido e sem muita concorrência. Aquela estratégia de “ir comendo pelas beiradas”.

As redes sociais complementam este processo de divulgação de seu blog mas estes dois podem ser bons começos pois criam acessos mecânicos - através dos robôs de busca. Ao criar um blog ou criar um site, concentre-se nestes dois processos no início, como um monge o faria - com desbragada dedicação. Há todo um aprendizado na identificação de palavras-chave e todo um constrangimento na criação de títulos com as mesmas e que amarra sua criatividade. São, portanto, recomendações onde você tem muito a fazer. Depois que se tornar master neste processo inicial, tão relevante, ataque de frente as redes sociais.

Imagem: © Corbis

Leia mais: Criar sites

Categoria: Conteúdo, Criar Blog, SEO
Tags: devoção do monge, o melhor conteúdo, palavras-chave, SEO

Enviar comentário

voltar para Criar blog

left show tsN fwB|left tsN fwB|left show fwB|bnull|||news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR b01 c05 bsd|normalcase c05 b01 bsd|login news normalcase fwR b01 c05 bsd|tsN normalcase fwR b01 c05 bsd|b01 normalcase c05 bsd|||